Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Amityville - A verdadeira história

Você, fã de terror com certeza já deve ter assistido algum filme da franquia Amityville... talves o que você não saiba é que foi baseada em fatos reais, e que a casa continua até hoje no mesmo endereço ( 112 Ocean Avenue ) e que ja passou por vários donos.... mas ninguém fica por lá ! É certamente o imóvel mais assombrado do mundo e o mais conhecido também.
Vou contar aqui como começou toda essa história de assombrações, fatos que ocorreram antes da história contada no cinema e que provavelmente sejam o motivo pra tudo isso.

Lembrando que as fotos apresentadas são REAIS, dos arquivos de policia da época, por isso se tem algum problema com isso não continue lendo.



Em Junho de 1965, o Sr. Ronald DeFeo adquiriu a casa nº 112 na rua Ocean Avenue. Era uma casa linda, com uma arquitectura ao estilo Holandês, bastante espaçosa e com uma casa de barcos, um anexo com ligação ao rio.Parecia o Sonho Americano: uma casa de sonho, família feliz e muito dinheiro para gastar.Os DeFeo até colocaram uma tableta em frente á sua casa onde se podia ler ”Grandes Esperanças”, como que um símbolo da fortuna da família.
No dia 13 de Novembro de 1974 enquanto toda a família dormia nos seus quartos, Ronald "Butch" Júnior estava a ver televisão no segundo piso, quando se levantou e pegou na sua carabina (uma Marlin Rifle .35).

Dirigiu-se primeiro ao quarto de seus pais e disparou dois tiros contra o seu pai Ronald DeFeo e seguidamente disparou mais dois tiros contra a sua mãe Louise.

Em seguida matou os seus dois irmãos John e Marc e posteriormente também as suas duas irmãs Dawn e Allison.

Ronald "Butch" Jr fugiu depois de cometer os crimes, desfazendo-se das caixas das balas e da bolsa almofadada da carabina numa sarjeta de outra rua nos arredores.

Ele, tentando descartar qualquer culpa pelos assassinatos, dirigiu-se para um bar na área para pedir ajuda dizendo aos seus amigos lá presentes que talvez os seu pais tivessem mortos.

Ele acompanhado dos amigos voltaram à casa de onde um deles ligou para a polícia para contar o que havia acontecido.

Quando a polícia chegou ao local do crime, foram encontrados 6 corpos, todos nas suas camas e todos na mesma posição: de barriga para baixo.

 No inicio "Butch" tentou culpar a máfia pelos crimes cometidos contra a sua família, mas os detectives da policia começaram a desconfiar quando encontraram num dos quartos a caixa vazia de uma arma igual à do crime.
Mais tarde em julgamento, "Butch" viria a confessar os crimes: "Começou tudo muito rápido. Assim que comecei, não consegui parar. Foi tudo muito rápido".
Quando lhe perguntaram porque cometeu ele tamanha atrocidade ele adiantou: "Eu não matei a minha família, eles iam matar-me. O que eu fiz foi em auto-defesa e não há nada de errado com isso. Quando tenho uma arma na mão, não há duvida nenhuma sobre quem eu sou. Eu sou Deus".
Depois do trágico acontecimento, em Dezembro de 1975, George e Kathleen Lutz e os seus 3 filhos mudam-se para o número 112 da Ocean Avenue. Eles foram avisados dos crimes que ali ocorreram, no entanto não se sentiram incomodados.
Apenas chamaram um padre da igreja católica para benzer a casa. No decorrer da benção, num dos quartos o padre ouviu uma voz dizendo-lhe "vai-te embora", mas para não amedrontar a família, não lhes contou esse acontecimento macabro, no entanto disse-lhes para não usarem aquele quarto pois tinha sentido algo de estranho lá.
No entanto coisas estranhas começam a ocorrer e eles abandonam a casa apenas 28 dias depois de se terem mudado, deixando tudo para trás.
Mais tarde, uma equipa de investigadores foi à casa para tentarem descobrir mais qualquer coisa de sobrenatural.
De entre muitas fotografias, uma delas captou uma criança espreitando de um dos quartos. Na altura a criança não foi vista por ninguém e não havia crianças juntamente com o grupo. Seria aquele o fantasma de um dos rapazes DeFeo?
Embora "Butch" tenha sido condenado a 6 penas consecutivas de 25 anos de prisão acusado de 6 crimes em segundo grau, muitas questões se mantêm sobre o que realmente aconteceu naquela noite
Porque as crianças não fugiram quando ouviram os primeiros tiros?
Porque motivo foram todas as vítimas encontradas na mesma posição? 
Os peritos puseram de parte a teoria de que eles teriam sido assassinados em outro local e depois colocados naquela posição. Porque razão não ouviram os vizinhos os tiros?
O barulho de uma carabina daquelas é bastante alto e pode ser ouvido a mais de 1 Km e meio de distancia, no entanto a única coisa que um dos vizinhos afirma ter ouvido naquela noite foi o cão da família a latir.
Ficou ainda provado que não foi utilizado qualquer tipo de silenciador na carabina de modo a abafar o ruído. As autópsias revelaram ainda que as vítimas não estavam sobre o efeito de qualquer tipo de drogas ou substancia que favorecesse os assassinos.
Atualmente "Bucth" continua a cumprir pena na prisão de Green Haven em Nova York e sempre lhe foi negada a saída em liberdade condicional. Ainda assim, mesmo quando questionado, ele continua a alterar a sua história dos factos ao longo dos anos, deixando assim um mistério no ar.
Uma outra versão dos fatos é que a sua irmã Dawn estaria envolvida no crime.
Nesta versão, "Butch" e Down teriam combinado matar seus pais, mas para que não houvesse testemunhas  ela acabou por matar tambem as crianças e que "Butch" ao aperceber isso, deu-lhe uma pancada na cabeça e matou-a posteriormente com um tiro de carabina.
Nos relatórios da investigação policial, ficou anotado que Dawn tinha vestígios de polvora na sua roupa, o que indica que ela disparou uma arma naquela noite. Como nota adicional, consta ainda que "Butch" e Dawn praticavam incesto.
Provavelmente nunca saberemos toda a verdade sobre o que se passou naquela casa na noite de 13 de Dezembro de 1974...
A casa foi entretanto modificada, uma das modificações mais evidentes foi o formato das janelas do piso superior. O número da porta foi também alterado.
Tudo isto para desencorajar as pessoas que vêm de toda a parte para ver a casa e tentar a sua sorte na descoberta de fantasmas ou demonios.
Depois dos Lutz abandonarem a casa, mais famílias viveram na casa, mas não foram registados mais casos de atividade sobrenatural idênticos aos anteriores.

VEJAM TODAS AS FOTOS :

com era a casa ( Detalhe da placa "High Hopes" )

Casa comprada pelos De Feo
Butch e seu pai, o Sr De Feo

Corpo do Sr e Sr De Feo

Corpo de Jhon De Feo

Corpo de Marc De Feo

Corpo de Dawn De Feo

Corpo de Alisson De Feo
Arma encontrada pela policia em uma rua Proxima a casa

Arma do crime

Um dos corpos sendo retirados da casa

Cena do crime isolada pela policia

Butch sendo preso

Butch indo a julgamento

Enterro dos De Feo

Enterro
A Casa Hoje com algumas mudanças ( reparem as janelas de cima )
foto onde aparece o garoto, no canto da escada

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Terror sobre rodas - 2010 - Dublado

Em dias que só escutamos falar de caminhões, vai ai um filme de caminhão pra entrar no clima...

Quatro amigos viajam em busca de aventura no interior da Austrália. 

Porém eles não contavam que o seu carro fosse empurrado para fora da estrada por um enorme caminhão denominado Road Train. Sem poder usar o carro, eles avistam apenas o Road Train parado na estrada e resolvem pedir ajuda ao motorista. 

Misteriosamente, a cabine do piloto está vazia e não há ninguém para socorrê-los.


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Curiosidades - Sourtue - Bebida do Dedão


Essa é uma história bizarra e absurda. Ela vem de uma lenda da cidade de Dawson, em Yukon, no Canadá, conhecida por abrigar diversas minas. Segundo a lenda, em 1973, o capitão Dick Stevenson, que era barman, estava limpando a cabine de um desses locais de extração quando encontrou o dedo de um pé humano mumificado, boiando em uma garrafa com álcool, e resolveu criar um drink um tanto quanto inusitado.
E foi com essa dose de loucura e sabe-se la mais o que, que capitão Stevenson criou um coquetel. A bebida consistia em uma taça de champagne com o ingrediente inesperado. 
Os aventureiros que desejam provar o drinque ganham um certificado se respeitarem o dito popular que diz: “seja rápido ou seja lento, mas quando tomar, seus lábios têm que tocar o dedo”. Atualmente, segundo informações do site Mental Floss, a bebida é oferecida pelo bar Sourdough, do hotel Downtown, e o champagne foi substituído por uma dose de whisky.
Milhares de pessoas corajosas já provaram a “bebida de dedos”, mas um problema tem afetado o consumo. Os dedos utilizados acabam desaparecendo, seja porque as pessoas os engolem acidentalmente ou mesmo roubam como um souvenir. Isso fez com que o estabelecimento estipulasse uma multa para quem engolisse o “ingrediente especial”: US$ 25 mil (cerca de R$ 100 mil). De acordo com o vídeo, o bar já está no seu 10º dedo e procura sempre manter um de reserva no freezer para oferecer aos clientes.

Vejam ai no video um pouco da história e criem coragem para provar... saúde !

quinta-feira, 10 de maio de 2018

A coisa - The Stuff - 1985

La vem a gente de novo com mais perolas trash, afinal é disso que nos gostamos ! Tosqueiraaaa... e quem nao se lembra desse filme ?

A Coisa é o típico filme B dos anos 80, ruim e bom ao mesmo tempo. O IMDb também o classifica como comédia, mas eu tenho a sensação de que essa não era exatamente a intenção do Larry Cohen. O que acontece é que ele é tão trash que chega a ser cômico, talvez um pouco propositalmente.

David “Mo” Rutherford (Michael Moriarty) é um ex-integrante do FBI contratado pelos donos de fábricas de sorvete para investigar uma estranha e nova sobremesa que tem tomado conta do mercado. Enquanto isso, um garoto chamado Jason (Scott Bloom) descobre que esse mesmo produto parece ter vida própria ao vê-lo se mover em sua geladeira.


A Coisa é um filme divertido pelos mesmos motivos que o torna trash. O roteiro e os personagens são tão absurdos e caricatos que só pode ser piada. Personagens como ‘Chocolate Chip’ Charlie (Garrett Morris) e o Coronel Malcolm Spears (Paul Sorvino) são impossíveis de se levar a sério, e a introdução desse último num roteiro já duvidoso apenas serviu para deixar tudo ainda mais ridículo.
Porém, Larry Cohen se aproveita desses apetrechos para fazer algumas críticas. Em diversos momentos A Coisa (esse é nome da coisa) é tratada por alguns personagens como se fosse uma arma usada para escravizar os cidadãos (como se houvesse alguém por trás dela), uma clara metáfora à paranóia contrária ao comunismo que o mundo viveu após a Segunda Guerra. 

O filme também critica abertamente o consumismo desmedido e o poder da propaganda. E fica difícil não se lembrar da Coca-Cola: um produto de receita desconhecida, que dominou o mercado tendo como principal motivo para isso o fato de viciar o consumidor.

O que acontece é que, no final das contas, os absurdos, clichês, furos e efeitos especiais de mau gosto são tantos que acabamos chutando o balde e entrando nessa onda risível. O negócio é desencanarmos de todas as baboseiras e apreciarmos o filme sem medo de ser feliz!

terça-feira, 24 de abril de 2018

Lugares Assombrados em São Paulo

Você mora em SP, adora pesquisar sobre fantasmas, assombrações e fenomenos paranormais ? saiba que a cidade está cheia de lugares assombrados e que a grande maioria é possivel visitar .... Existem bem mais lugares além esses que eu coloquei aqui, mas escolhi estes justamente por serem locais onde você pode fazer um visita, claro, se tiver coragem... 


Portas e janelas que abrem e fecham sozinhas, som de ruídos de passos ou vozes que pedem socorro, fantasmas que aparecem em camarins e palcos. Fenômenos de poltergeist e de assombrações estão presentes em alguns lugares mal-assombrados de São Paulo... Vamos a eles


1 - Edificio Joelma


Localização: Praça da Bandeira, Rua Santo Antônio, 184 e Av. Nove de Julho, 225
Inauguração: Década de 1970

História: Seu nome é Edifício Praça da Bandeira. Três anos após sua inauguração, ocorreu no prédio um incêndio que provocou a morte de 188 pessoas. Especula-se que havia no local, antes da construção do edifício, um pelourinho e que os fantasmas já eram avistados, rondando o lugar. 

O Joelma também ficou conhecido com o crime do poço, ocorrido na década de 1940. Algumas mulheres haviam desaparecido e, quando a polícia investigou o local, encontrou uma casa com cadáveres dentro de um poço. A casa permaneceu fechada durante anos, até ser demolida para que fosse construído o Edifício Joelma.

2 - Teatro Municipal


Localização: Praça Ramos de Azevedo, s/n°
Inauguração: 1911

História: Os funcionários já avistaram fantasmas no palco ou pessoas com vestuários de 1.900 nos camarotes. Também já ocorreram relatos de som de uma orquestra no palco e o avistamento de cantores de ópera em um de seus camarins.



3 - Capela Santa Cruz dos Enforcados

Localização: Praça da Liberdade 
Inauguração: 1887 


História: Em 1821, o cabo Francisco José das Chagas pediu igualdade de salários e melhor tratamento aos soldados brasileiros. Foi punido com morte por enforcamento. Porém, no dia da execução, a corda arrebentou duas vezes, e quem assistia entendeu que seria um sinal dos céus para inocentá-lo, mas ele acabou morrendo. Isso causou a comoção da população e, em sua intenção, foi erguida uma cruz. Sessenta e seis anos depois, foi construída uma capela no local. Desde então, há relatos de que Chaguinha (nome do cabo) é visto. A capela também é chamada de “Igreja das Almas”. 


4 - Castelinho da rua Apa

Localização: Rua Apa, 236, esquina com a Avenida São João. 
Construído em: 1912 

História: Foi nesta residência que uma família inteira foi morta na década de 1930. Até hoje, o caso não foi esclarecido (a informação é de que um irmão atirou no outro e a mãe ficou na linha do fogo cruzado e faleceu). 

Há relatos de pessoas que passam em frente à casa e ouvem o apelo dos filhos e da proprietária para não serem mortos.




5 - Palacio dos Bandeirantes

Localização: Av. Morumbi, 4.500. 
Inauguração: 1955 (instalação da sede em 1970) 

História: Os funcionários mais antigos dizem escutar o ex-governador Adhemar de Barros e o conde Matarazzo discutindo. 

O conde Matarazzo projetou o edifício para abrigar a Universidade Conde Francisco Matarazzo, o que não ocorreu. Além disso, passos e ruídos estranhos, alem de portas que abrem ou fecham já foram notados.




6 - Casa da Dona Yaya

Localização: Rua Major Diogo, 353. 
Construído em: 1800 

História: Em 1870, uma senhora muito rica, chamada Dona Yayá, sofria de uma doença mental e, por isso, foi mantida reclusa na casa por 40 anos. Dizem que ela se parecia com um zumbi, devido aos maus tratos, e sua morte foi trágica. Depois disso, todos os parentes que a maltrataram também morreram de forma terrível.


O conde Matarazzo projetou o edifício para abrigar a Universidade Conde Francisco Matarazzo, o que não ocorreu. Além disso, passos e ruídos estranhos, alem de portas que abrem ou fecham já foram notados.




7 - Edificio Andraus

Localização: Av. São João com a Rua Pedro Américo, 32 
Inauguração: 1962 

História: Este edifício sofreu um incêndio em 1972, com um saldo de 16 mortos e mais de trezentos feridos. Até hoje, os moradores dizem escutar os pedidos de socorro daqueles que morreram. 

Já foram registrados casos de “poltergeist”, como o barulho de portas e janelas que abrem e fecham sozinhas, além de ruído de passos.


8 - Cemiterio da consolação

Localização: Rua da Consolação, 1660 
Inauguração: 1858

História: Foi a primeira necrópole de São Paulo e teve sua capela erguida graças à doação da famosa Marquesa de Santos, amante de D. Pedro. São inúmeras as manifestações de aparições que incluem mortos famosos como a própria Domitila (Marquesa de Santos), Monteiro Lobato, Tarsila do Amaral, entre outros como Antoninho da Rocha Marmo, que morreu na década de 1930 e é conhecido como o Santo do Povo, cujo túmulo está localizado na quadra 80, terreno 6. 

Existe um relato curioso: quando foi enterrada a filha do comendador Ermelino Matarazzo, o coveiro morreu. Até hoje, dizem que o fantasma do coveiro aparece sentado sobre o túmulo da menina ou vagando pelo cemitério para saber como anda a conservação.


segunda-feira, 23 de abril de 2018

Os Inocentes - 1961 Legendado

Querem assistir um filme que realmente assusta e tem um clima sombrio??? está ai, essa obra prima do terror, não tão divulgada e conhecida como outros, mas muito superior a maioria dos filme de espiritos que vemos por ai....


Deborah Kerr é Giddens, mulher contratada por um homem para cuidar de seus sobrinhos órfãos em um casarão de estilo vitoriano no interior da Inglaterra. 

Tudo vai muito bem, até que começa a notar um comportamento estranho nas crianças, passando a acreditar que existe alguma coisa suspeita acontecendo nas trevas daquela mansão algo que a faz questionar também a aparente inocência dos pequenos.



quinta-feira, 19 de abril de 2018

O monstro do armario - 1986 Dublado

Depois de várias pessoas e um cão serem achados mortos em seus respectivos armários, uma repórter, seu filho e dois professores resolvem descobrir que mistério está por trás dessas mortes.

Clássico filme pra quem foi criança no inicio dos anos 90, final de 80, todos tinham medo de sair um monstro de dentro do guarda-roupas kkkkk


Como curiosidade, esse foi o primeiro filme do ainda jovem Paul Walker e da hoje cantora Fergie, que na época ainda devia ter uns 8 anos  e usava seu nome Stacy Fergson.

Filme com o selo de qualidade TROMA !